segunda-feira, 24 de setembro de 2012

O "POLITICAMENTE CORRETO"

Amigos,

Ufa! Que cansaço dá esta "coisa" do Politicamente Correto...
Primeiro que acredito que olhar de cara feia para quem fuma cigarro convencional, e admirar cada palavra dita pelos admiradores de Canabis, é uma hipocrisia.  Ah! Um baseado não faz mal a ninguém, é o que dizem os defensores da maldita erva. Francamente, quem  fuma só um baseadinho por dia???  Quantas vezes a Canabis  foi potencializada em laboratório, para seu cultivo, desde os anos 70?  Ou acham que a erva é a mesma desde aquela época???

Fumei cigarro convencional durante muito tempo, e à 18 anos atrás parei de estalo.  Portanto não sou uma defensora do cigarro, mas sim contra a patrulha que fazem aos fumantes.

Vamos a outra forma do Politicamente Correto: não existe mais bicha nem viado no país! 
Graças a Deus minha avó Esmeralda já não está mais entre nós, pois quando ela queria referir-se a esta parcela da população, normalmente falava, tipo:

- Maria Christina, vá ao armarinho e compre um tubo de linha branca. Peça para aquele moço "invertido", que ele atende rápido!

Vejam bem... Vovó Esmeralda hoje, poderia ter que se explicar em alguma Delegacia caso continuasse a chamar moços afeminados de : invertidos... Pior seria ter que contar a ela, que hoje eles vestem-se de mulher, e quando cometem algum ato delituoso devem ser chamados pelo seu nome social, tipo: na Carteira de Identidade consta  José Abelardo da Silva (fictício), mas como ele  caracterizado de mulher deu-se o nome de Mellissa Gloss, é assim que ela/ele deverá ser chamado (com todo o respeito possível) por autoridades, etc.  
Isso para mim é uma palhaçada! O que deve constar é o nome da Identidade, e ponto final! Mellissa Gloss é o cacete!

Estou um tanto sem paciencia, principalmente quando vejo a população negra portando camisetas com o tal do "100% NEGRO"...  Quem garante??? E  caso  eu  queira colocar uma camiseta com a frase "100% BRANCA",  teria problemas??? Claro que sim! Apareceriam ONG's de toda espécie para me processar, e naturalmente seria conduzida a uma Delegacia para dar explicações. 

Ah!  Minhas  amigas tem muito orgulho de serem negras, mas fazem alizamento de cabelo quase toda semana! Salve a chapinha!!! 

Bem... Não estou nem entrando no caso das quotas raciais para entrada nas Universidades Públicas.  Isso é o "cão chupando manga" !  Se o indivíduo for pobre e louro, na visão do tal Frei que luta pelas quotas,o lourinho vai pro quinto dos infernos!!! Nunquinha vai poder entrar nas Universidades Públicas. 

-Ô Frei, pega leve. Todo mundo hoje tem que pagar pela escravidão??? Temos uma enorme massa de pobres brancos, e aí? Se não for negro  não faz Universidade? Ah! Vai ser um tal de ir para o Bronzeamento Artificial...  Aff! Não vai sobrar vaga.

Acho engraçado e até um pouco hilário achar que Portugueses, Espanhóis, etc., entravam África adentro para pegar tribos inteiras... É lógico que as tribos negras mais fortes apanhavam as tribos mais fracas, e negociavam com os brancos. E aí  hoje, temos que pagar pela brutalidade humana que havia dos dois lados! É cansativo...

Antigamente dizia-se que um tapa na Zona Sul, ecoava mais forte que uma rajada de metralhadora na Zona Norte.  Era verdade. Era...

Imagino hoje em dia,  em  que "M" fica o Policial que numa troca de tiros com marginais, fere ou mata algum criminoso  que esteja vestido com uma camiseta do "AfroReggae" ???  Putz!  O cara pode estar portando um fuzil de ultima geração, mas por causa da famigerada camiseta o fato vai ser noticiado internacionalmente. É mais do que certo que o Policial vai parar em Bangu I, II, III ... Não vai passar nem pelo BEP, afinal, ele será a "Bola da Vez": o "Monstro que Assassinou o Menino do AfroReggae"... Se antes era o Cão Chupando Manga, agora é o Capeta Comendo Mariola...

E tem sempre alguém marcando alguém. 
Outro dia recebi um comentário em que um "Anônimo" (colocar a cara deve ser difícil) me chamava de Baba Ovo de Polícia...  Ora, ora! Se temos que ser Politicamente Corretos, tem que haver alguém que defenda esta parcela de trabalhadores que tem péssima remuneração, terríveis condições de trabalho, é odiada pela população, mas que à duras penas consegue dar conta dos chamados,   pois quando a coisa aperta, todos pedem a Polícia!
Uai??? Porque não chamam as ONG's, o Frei da quota racial, o cara que organiza a Passeata da Maconha ou o Povo do Orgulho Gay?

Ô Anônimo: Baba Ovo é a ... Aff! Não posso colocar aqui, afinal, tenho que ser Politicamente Correta!


Abraço fraterno,
CHRISTINA ANTUNES FREITAS

terça-feira, 21 de agosto de 2012

CAMILA: 26 ANOS HOJE!

MINHA FLOR DE MARACUJÁ!!!

niver khel (29)-II .

Hoje, 21 de Agosto de 2012, Camila completa 26 anos: 19 anos em nosso convívio e sete anos junto ao nosso Pai.

Minha filha quando adoeceu estava apaixonada, e adorava cantar -  sem nenhum pudor  -  duas músicas: uma delas composição de “Seu Jorge”: “É ISSO AÍ”.  Comprei o CD,  e passei a  e amar  esta música, pois além de linda, é  primorosa interpretação do autor e  Cássia Eller.

.

“É Isso Aí”

Seu Jorge

É isso ai
Como a gente achou que ia ser
A vida tão simples é boa
Quase sempre
É isso ai
Os passos vão pelas ruas
Ninguém reparou na lua
A vida sempre continua

E eu não sei parar de te olhar
eu não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não sei parar
De te olhar

É isso ai
Há quem acredita em milagres
Há quem cometa maldade
Há quem não saiba dizer a verdade

É isso ai
Um vendedor de flores
Ensinar seus filhos a escolher seus amores

Eu não sei parar de te olhar
Não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar

.

A outra música que Mimi amava,  é uma composição antiga de Fernando Mendes, regravada por Caetano Veloso:  “VOCE NAO ME ENSINOU A TE ESQUECER”.   Essa foi  marcante, pois a maior   parte do Filme “ Lisbela e o Prisioneiro ”  teve suas  gravações dentro do CMRJ: muitas locações no Teatro e outras fora,  em ambiente externo do próprio Colégio.   Camila viveu com os colegas o burburinho das filmagens.

De certo modo,  quando minha menina cantava (bem alto), talvez também quizesse me dizer que esta seria a música que nos ligaria  para sempre, afinal eu sabia (e participava bastante),  do amor-encantamento  que ela sentia por um rapaz… Sempre que escrevo para Camila, uso no final do texto uma parte da composição.  Ah!  Da nossa música!

Então meu amor, pelos seus 26 anos, pela saudade arrebatadora que sinto e pelo seu aroma que toma este quarto no momento, a nossa música: desta vez, inteira!

.

“Você Não Me Ensinou a Te Esquecer”

Fernando Mendes / José Wilson / Lucas

Não vejo mais você faz tanto tempo
Que vontade que eu sinto
De olhar em seus olhos ganhar seus abraços
E verdade eu não minto

E nesse desespero em que me vejo
Já cheguei a tal ponto
De me trocar diversas vezes por você
Só pra vê se te encontro

Você bem que podia perdoar
E só mais uma vez me aceitar
Prometo agora vou fazer por onde
Nunca mais perde-la

Agora que faço eu na vida sem você
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho

Agora que faço eu na vida sem você
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando me encontrar

.

Muitos beijos, abraços, chamegos e uma imensa vontade de poder dormir  e entre o sono e a vigília, encontrá-la.  Ouvir suas doces palavras, receber um carinho,  que tenha certeza, tanto preciso!

Meu amor, “e agora, que faço eu da vida sem voce ?”

SAUDADES, Minha Flor de Maracujá!

CHRISTINA ANTUNES FREITAS

terça-feira, 15 de maio de 2012

MILITARES ESTADUAIS EXCLUÍDOS DA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NO RIO DE JANEIRO.

Amigos,

Recebi este comunicado do Dep. Estadual/RJ  FLÁVIO BOLSONARO, e é com muita alegria que repasso aos Militares Estaduais de nossos Estado.   
Por conta da  pronta  interferência  do Deputado acima citado, não tiveram , Policiais e Bombeiros Militares do Estado do  Rio de Janeiro,  seus direitos vilipendiados, como pretendia o nosso Executivo Estadual.

Então, abaixo, reproduzo na íntegra o Comunicado Bolsonaro.


MILITARES   ESTADUAIS  EXCLUÍDOS  DA  
PREVIDÊNCIA  COMPLEMENTAR    NO     RIO DE JANEIRO.


Meus Amigos.
É com satisfação que informo sobre a aprovação da emenda de minha autoria excluindo Bombeiros e Policiais Militares do projeto de lei do Governo, que institui a previdência complementar aos servidores públicos do Estado do Rio de Janeiro, aprovado hoje na Alerj – apesar de meu voto contrário.
No meu entendimento, a manutenção dos militares estaduais nesse projeto decretaria a falência dessas importantes Instituições, pois, diante de tantos deveres e pouquíssimas prerrogativas inerentes a essas carreiras, a perda da paridade na inatividade representaria um dano irreparável – capaz de acabar com qualquer estímulo que ainda possa atrair profissionais ou mantê-los nessa árdua profissão.
A aprovação de minha emenda representa a percepção da base de apoio do governo e demais Parlamentares sobre as peculiaridades e sacrifícios que envolvem a vida da caserna. Fico feliz por haver sido instrumento capaz de contribuir para tal convencimento! Vitórias como a de hoje somente aumentam meu empenho e compromisso no sentido de seguir lutando pelas Corporações Militares Estaduais e seus milhares de integrantes – heróis anônimos a quem tanto deve a sociedade fluminense.
Finalmente, convém destacar que meu voto contrário ao projeto de lei deu-se em virtude da certeza que tenho de que o projeto é nocivo aos servidores públicos como um todo, especialmente para Policiais Civis e Inspetores Penitenciários, cujas carreiras, por sua periculosidade e características especiais, também são recepcionadas pela Constituição Federal como passíveis de critério diferenciado para aposentadoria.
 
FLÁVIO BOLSONARO
Deputado Estadual RJ
Essa conta de e-mail não é monitorada, caso você tenha alguma dúvida ou sugestão, entre em contato pelo e-mail abaixo:

-------------------------------------------------------- 
.

Mais uma vez os Militares Estaduais do Estado do Rio de Janeiro, puderam contar com o pulso forte do Dep. Estadual FLÁVIO BOLSONARO,  sempre na luta   - com seu incessante trabalho -  em prol da Família Militar Estadual.

.
Abraço fraterno,
CHRISTINA ANTUNES FREITAS 

quarta-feira, 25 de abril de 2012

E POR FALAR EM CACHOEIRA, SAMBA DE 42 ANOS: VISIONÁRIO...

Amigos,
.

O Samba enredo abaixo, lembrou-me (de forma torta) um acontecimento recente, caindo em nossas cabeças.   Principalmente no Rio de Janeiro, onde a mídia Reinante,  nada comenta... Chutaram para Goiás! 
Porém, com a natureza abundande em nosso Estado, não há como não lembrar:  somos repletos de CACHOEIRAS...  


UM CÂNTICO À NATUREZA
Autoria:  Nei, Aílton e Dilmo
(Estação Primeira de Mangueira-1970)


.
Brilhou no céu o sol oh! que beleza

Vem contemplar a natureza

Vem abraçar a imensidão, imensidão...

Onde na pesca ou na plantação
 
Pedras preciosas ou mineração
 
Rios cachoeiras e cascatas (e põe cascata nisso!)*

Frutos pássaros e matas

Enobrecem a nação (ou seria empobrecem?)*

Oh! lugar... oh! lugar...
Tudo que se planta dá
Terra igual a esta não há
Imenso torrão de natureza incomum
Onde envaidece qualquer um
Praia e flores
Inspiram amores
 
E o petróleo te deu mais vida
Solo de vultos imortais
Direi teu e não esquecerão jamais
Oh! pátria querida, De natureza tão sutil,
Tens belezas mil !
Isto é brasil... isto é brasil... isto é brasil.
..
---------------------------------
 .
Este samba enredo foi escrito a 42 anos atrás... Compositores visionários!!!!
 .
* entre parênteses: autoria do Blog!

.
Abraço fraterno,
CHRISTINA ANTUNES FREITAS

terça-feira, 24 de abril de 2012

JULIANA MAIA HORITA - "CAFÉ,CACHAÇA E CHORINHO" - CONSERVATÓRIA/RJ

Amigos,

Aqui em Conservatória/RJ, por conta do já tradicional evento "Café,Chachaça e Chorinho" que acontece na Região Sul Fluminense, tivemos uma apresentação inesquecível de JULIANA MAIA HORITA, que brindou a todos com o repertório maravilhoso do show "DE CHIQUINHA A GONZAÇÃO".


 
Juliana Maia (de Chiquinha Gonzaga),  junto a Celinha e Alvarenga
caracterizados como "Barões do Café"


 Juliana Maia, caracterizada como Carmem Miranda

Juliana começou a apresentação caracterizada de "Chiquinha Gonzaga", e terminou o show com figurino de  "Carmem Miranda", conforme acima. Estava lindíssima!

Mas o passeio musical, magnífico, acontecido aqui em CONSERVATÓRIA/RJ no sábado (21/04/2012) começou com CHIQUINHA GONZAGA e passeou por composições como "O Trenzinho Caipira" de HEITOR VILLA LOBOS (cantada juntamente com o aluno de Canto de Juliana: Rafael).  Nossa artista em questão, nos  encantou com obras de  GONZAGÃO e outras imortalizadas por CARMEM MIRANDA, além de  canções memoráveis como "As Rosas não Falam" de CARTOLA, que independem da época em que foram lançadas...  O Show terminou em Carmem Miranda: apoteótico!

Vou confessar - Oh, Céus! - uma grande heresia... 
Como estava bastante cansada por conta de uma "angina" (que mais parece um obssessor em minha vida), Aff!, havia resolvido ir até a Praça Matriz  ver Juliana Maia,  somente na primeira música.  Depois voltaria: estava realmente com um "tijolo sobre meu peito", cansada... Mas sabem como são as coisas, não é mesmo?  - Fazemos a programação, mas esquecemos de combinar com "Deus"... Cheguei antes das 22 hs e saí depois de meia noite, quando do término do show. Claro:  sem angina, e com uma enorme vontade de ficar pelas ruas de nosso Distrito aproveitando o "encantamento" produzido pela apresentação esmerada de Juliana Maia e dos  músicos que a acompanharam... Vejam abaixo:


  Juliana Maia canta "E o Mundo não se Acabou" de Assis Valente


Juliana Maia reuniu neste evento músicos de excelência, que também brindaram à todos com  maravilhosas performances  em conjunto,  e alguns solos.  São eles:  Violão 7 cordas: Odilon , Contrabaixo e Cello, Violão Tenor: Francisco Falcon,  Piano e Acordeon: Leo de Freitas, Cavaquinho: Paulinho Balthazar, Bateria: Hermano Mesquita, Sax Soprano e Flauta: Gilberto Junior e  Pandeiro (participação): Mario... Isto é seríssimo: músicos "pra lá de respeitáveis" !

O   "Café, Cachaça e Chorinho" é um evento muito trabalhoso, até porque não consiste somente em  apresentação musical. Na   parte  da tarde no sábado ,  acontece um desfile de Carruagens e Cavaleiros com Estandartes,  com pessoas vestidas com   "roupas de época" do Ciclo do Café.  Essas pessoas que fazem este "Teatro a Céu Aberto",  são do Distrito de Conservatória: nascidos, ou,  "forasteiros": como são chamados os que veem aqui morar, ou simplesmente passar temporadas.


Desfile de Carruagens e Cavaleiros


Durante todo o final de semana em que acontece o Evento, são apresentados produtos e comidas típicas, artesanato, e tantas outras variações - sempre com a base no tema: o café, a cachaça e o chorinho (música em geral), como foi ano passado,  na "Noite da Valsa". 

Temos em nosso Distrito pessoas que trabalharam muito para que tudo ocorrece da melhor forma possível: Ruth, Celeste, Piauí, Celinha, Alvarenga, Ronaldo e muitos outros que naturalmente deram o melhor de si.  O Evento não conta com nenhum subsídio, e naturalmente o grupo que se propõe a realizá-lo, literalmente, corre atrás do patrocínio de moradores,  de comerciantes locais e de nossa rede de Hotéis e Pousadas.  Sabemos que muitos não colaboram: gostam mesmo é de colher os lucros, estando a cidade cheia de turistas... Mas isto já faz parte do "Fictício Anedotário Distrital", e apesar destes, outros que sempre colaboram em toda e qualquer iniciativa que seja para o bem de nosso Distrito, conseguem abafar o ruído melancólico daqueles que em nada acreditam,  ou colaboram.

Ano que vem,  espero colocar aqui no Blog a data deste Evento e sua Programação, pois já existem pessoas que sairam daqui de Conservatória deixando seus contatos, para que sejam avisadas das datas do próximo Café, Cachaça e Chorinho, e principalmente, com grande interesse em apresentações de Juliana Maia Horita!

Como a maioria sabe, tenho uma internet movida à lenha... Estou tentando postar um vídeo da música "As Rosas não Falam" de CARTOLA, lindamente cantada por Juliana Maia em sua bela apresentação no "Café, Cachaça e Chorinho", para encerrar esta minha postagem... Como não estou conseguindo, fico devendo - e quem sabe amanhã? -  faço a introdução do vídeo neste mesmo post! 
Já aprendi que "quando a net é lenta, o melhor é não brigar com ela"! Aff!
.

Abraço fraterno,
CHRISTINA ANTUNES FREITAS

sexta-feira, 20 de abril de 2012

POR QUE EU PARTICIPO DO SOS BOMBEIROS? - VALDELEI DUARTE.




Amigos,

Repasso abaixo, texto do Subtenente VALDELEI DUARTE que durante 31 anos serviu ao CBMERJ, e que por lutar por salários dignos e melhores condições de trabalho, foi excluído da Corporação.
 .
Diário Oficial de hoje: 18/04/2012
Secretaria de Estado de Defesa Civil
CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO
DO RIO DE JANEIRO
ATOS DO COMANDANTE-GERAL
DE 17.04.2012
EXCLUI, ex officio, do serviço ativo deste Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, a contar de 12 de março de 2012, face o que consta na Nota CI/JD 218/12, publicada no Boletim da SEDEC/CBMERJ nº 049, de 12.03.2012, o Subtenente BM Q10/81 VALDELEI DUARTE, RG CBMERJ nº 06.933, de acordo com o que preceitua o art. 123, inciso III, e art. 124, ambos da Lei Estadual nº 880,de 25.07.1985 (EBMERJ), § 2º do art. 31, do Decreto nº 3.767, de 04.12.1980 (RDCBMERJ), e inciso IV, letra “a”, do art. 13 do Decreto nº 2.155, de 13.10.1978, e o que consta no Processo nº E-27/0030/11161/2012. 

Boa tarde à todos, como podem ver na nota acima fui excluído do CBMERJ, junto com mais 13 BOMBEIROS, e quero deixar bem claro que não  estou arrependindo em nada do que fiz, quem me conhece e acompanha a minha trajetória de luta sabe que eu jamais ficaria de fora deste processo. Desde de 1989 já começava a me manifestar contra algumas situações erradas que comecei a observar no GMar, já desta data em diante os nossos serviços começavam a ficar estagnados, não se investiam mais em material humano e muito menos no operacional, e já começava a faltar quase tudo, não tínhamos mais se quer nadadeiras suficientes para efetuar os nossos socorros, a alimentação era pessimamente servida e precária, além de chegar muito tarde aos postos, e até hoje ainda existem reclamações quanto a este item que deve ser tratado com uma atenção especial. Em 1990 quando houve o concurso a coisa foi de mal a pior, jamais poderiam realizar o concurso daquela forma, 500 ALUNOS de uma única vez, ainda não tínhamos INTRUTORES  e MONITORES preparados para aquele números de ALUNOS, já aconteciam fraudes, peixadas, indicação (QI) e outras coisas a mais, fato é que " DOIS ALUNOS MORRERAM AFOGADOS ". Uma verdadeira vergonha e demonstração de incompetência, o número de INSTRUTORES era ínfimo, e eu já enxergava que poderia acontecer uma tragédia, e infelizmente foi ela foi consumada. Sempre alertava aos meus antigos ALUNOS DO CURSO DE APOIO que eu criei juntamente com o falecido SGT.BM PASSOS em 1989, eu na Barra de Guaratiba e ele na Barra da Tijuca, para que todos ficassem de olho nos demais ALUNOS, e tomassem conta dos outros ALUNOS, porque eles foram para aquele CSMar já com algumas experiências no SERVIÇO DE SALVAMENTO, é porque eles já como APOIO trabalharam voluntariamente conosco no verão anterior ao curso como GUARDA-VIDAS. E depois de 1990 somente houve outro concurso em 1997, outro erro gravíssimo ao SERVIÇO DE SALVAMENTO MARÍTIMO, fato este que o CMS (corpo marítimo de salvamento) da POLÍCIA CIVIL, entrou em extinção também por este erro de administração. 

Depois houve concursos em 1998,1999, 2000, 2001 e 2002, e não diferente os GUARDA-VIDAS se formavam e os seus destinos eram os mais adversos e não eram inerentes aos SERVIÇOS DE SALVAMENTO NO MAR, trazendo com isso a precariedade também ao serviço. Depois desses cursos somente em 2008 houve outro concurso, com várias denúncias também e de todas as formas, como não podia provar somente acompanhei o final deste CSMar, que foi o mais longo de todos, a última turma destes que eram 300, se formaram após 13 meses de curso. Também nos meados de 1990, instituíram a primeira gratificação que viria a dividir e desmotivar todo CBMERJ, as famosas " PECÚNIAS". Era a Lei da farinha pouca, meu pirão primeiro, não diferente como acontece agora neste Governo, com as famosas e tão sonhadas BRAVURAS e as gratificações. Meus companheiros estamos passando por uma das piores fases no CBMERJ, falo isso com propriedade, passei 31anos (trinta e um) aqui no CBMERJ, se pudesse contar tudo o que vi e vivi no CBMERJ, muitos de vocês não acreditariam ou iriam se indignar, mais quem sabe um dia eu venha narrar tudo isso em forma de livro ou autobiografia. Companheiros o ano de 2011 foi um ano que já entrou para história, em março de deste ano um grupo de GUARDA-VIDAS, e quero destacar que os da nova geração, começaram também a observar que o GMAr começava a declinar de uma forma ameaçadora ao serviço de salvamento, fato este que eles resolveram se reunirem e discutirem este assunto, e os primeiros eram somente 06(seis) GUARDA-VIDAS, e vou preservar os seus nomes para protegê-los das covardias que todos estão vendo acontecer, e estes sabendo da minha trajetórias no GMAr me convidaram a participar, e já em março realizamos as primeiras reuniões, logo em seguida um deles lançou o Blog SOS GUARDAVIDAS, que depois se tornou SOS BOMBEIROS, e no dia 17 de abril realizamos o primeiro ato na ZONA SUL, e começamos a denúnciar as nossas mazelas, inclusive apresentando a população os nossos contra cheques, e a grande maioria ficavam surpresos quando viam o valor tão baixo que recebemos pelo nobre serviço que realizamos, não quero dizer com isso que uma vida tem preço, e muito menos e da mesma forma, a nossa também não tem preço, mais o que o Governo nos paga, é irrisório para não dizer humilhante, porque os nossos serviços são valorosos e muito honrado, prova disso é demonstração de carinho e confiança que toda a população tem por nós BOMBEIROS. 

Quero que todos saibam que nós os 14 BOMBEIROS excluídos até o momento, digo isso porque infelizmente tem mais dois companheiros que ainda serão julgados pelo tribunal de justiça, estamos UNIDOS e não desistiremos de lutar e continuar lutando para que todos do CBMERJ alcance a valorização merecida, OFICIAIS E PRAÇAS, ATIVOS, INATIVOS, REFORMADOS E AS PENSIONISTAS, mais para que isso aconteça precisamos estar unidos, e continuar a respeitar os nossos superiores e chefes, mais não deixar de cobrar deles o mesmo, porque essa atitude tem que ser recíproca, para que todos nós avance cada vez mais nessa valorização e que chegue de igual para todos. Agora me dirijo aos companheiros de TODO O CBMERJ, principalmente os que acreditam na nossa luta e na nossa causa, é fato que estamos excluídos do CBMERJ, alguns de nós já estão sofrendo com este processo, e com toda a certeza nenhum de nós queria este final, mais como disse antes, é um processo, e hoje vejo isso como um escolhido de Deus para essa causa, estamos em oração e peçam também que orem por todos nós, como no significado real " ORAÇÃO " (orar e agir), e é o que todos nós devemos fazer, tenham fé e acreditem, nós vamos conquistar o que almejamos, e a vitória virá com toda certeza. 

Estamos também na fase final da fundação da nossa ASSOCIAÇÃO BOMBEIROS DO RIO DE JANEIRO, é importante neste momento que " TODOS " se filiem a essa ASSOCIAÇÃO, será através dela que ficaremos mais forte e unidos, não para confronto com ninguém, mais para todos os tipos de adversidades que possa a nos acontecer, e de imediato essa exclusão que veio acontecer conosco, se um grande números de BOMBEIROS, OFICIAIS E PRAÇAS, ATIVOS, INATIVOS, REFORMADOS E AS PENSIONISTAS se associarem a nova ASSOCIAÇÃO BOMBEIROS RJ. Essa já seria uma grande demonstração de união e ajuda para com nós os EXCLUÍDOS, porque será através da ASSOCIAÇÃO que receberemos suporte financeiro até reveter toda a situação e processo que estamos passando. 

Valdelei Duarte. 

Juntos Somos Fortes! 
 -------------------------------------------------------
 

Meu grande abraço ao SubTen Valdelei e aos demais Bombeiros que estão passando por este processo.  
O que não podemos esquecer,  é que os mesmos conseguiram com o movimento reivindicatório,  que o CBMERJ  fosse desvinculado da Secretaria de Saúde e voltasse a sua condição anterior.  Portanto, creio que todos os integrantes do CBMERJ (Ativos, Inativos e Pensionistas), devem à estes homens:  apoio e agradecimento!
.

Abraço fraterno,
CHRISTINA ANTUNES FREITAS

quinta-feira, 12 de abril de 2012

DEP.FED. MENDONÇA PRADO RECEBE VISITA DO CABO DACIOLO

Amigos,

Recebi da Assessoria de Imprensa do incansável Parlamentar MENDONÇA PRADO/DEM/SE, o artigo abaixo:

Mendonça Prado recebe visita do Cabo Daciolo





Na tarde desta quarta-feira (11), o deputado federal Mendonça Prado (Democratas/SE), recebeu em seu gabinete em Brasília o principal líder do movimento dos bombeiros do Rio de Janeiro, Cabo Benevenuto Daciolo. Na oportunidade, conversaram sobre o atual modelo de polícia e bombeiros do Brasil e as perspectivas para o futuro através da modernização dos sistemas.
Em 2011, o parlamentar atuou ativamente na melhoria do setor de segurança pública do país, através do seu mandato como presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO) da Câmara dos Deputados. Em várias oportunidades, Mendonça Prado, uniu os policiais e bombeiros militares no Congresso Nacional em prol da Proposta de Emenda a Constituição (PEC) n.º 300/2008 que trata do piso nacional dessas categorias.

Por Izys Moreira - Assessoria de Imprensa



Abraço fraterno,
CHRISTINA ANTUNES FREITAS